Voz de Angola - Voz de Angola
Voz de Angola

Voz de Angola

Manuel Eduardo Futila é jornalista licenciado em Comunicação e relações internacionais é editor da Voz de Angola

Tel: +244930341639   

eduardofutila@vozdeangola.com

 

O Tribunal Supremo angolano começa esta quinta-feira a julgar, em Luanda, 14 pessoas, de várias nacionalidades, envolvidas no caso da “burla tailandesa”, uma alegada tentativa de burla ao Estado angolano de 50.000 milhões de dólares (43.500 milhões de euros).

A ministra do Ambiente angolana, Paula Francisco, defendeu hoje, em Luanda, a necessidade de um novo pacote legislativo para combater os crimes ambientais no país, tendo em conta que as leis atuais, de 1998, estão desajustadas da realidade.

O novo ministro da Justiça do Brasil, Sergio Moro, deu ordem de expulsão do país a 11 estrangeiros, dois deles de nacionalidade angolana, através de um documento publicado nesta terça-feira no Diário Oficial da União.

O Presidente angolano apelou a empresários dos Emirados Árabes Unidos (EAU) para investirem "sem medo" em Angola, "país de grandes oportunidades" e que, em pouco tempo, "criou um ambiente de negócios favorável", noticia hoje a agência Angop.

O ministro do Interior de Angola disse hoje, em Luanda, que apesar da redução dos crimes violentos, no último trimestre de 2018, no geral foi registado um aumento significativo de atos criminais no ano passado.

O presidente do Conselho de Administração da diamantífera angolana Endiama afirmou hoje que pretende que, em 2022, a empresa fique entre as maiores produtoras mundiais de diamantes, uma vez que Angola "tem um grande potencial de reservas".

Os juízes do Tribunal Penal Internacional (TPI) absolveram hoje os antigos Presidente e ministro da Juventude da Costa do Marfim Laurent Gbagbo e Charles Ble Goude de crimes cometidos na sequência das eleições de 2010.

Os trabalhadores do Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) iniciaram hoje uma greve por tempo indeterminado, para entre várias outras reclamações reivindicar um aumento em 80 por cento do salário.

O Estado angolano vai investir 111 milhões de euros na construção de um novo complexo hospitalar, para as Forças Armadas Angolanas, obra aprovada por despacho do Presidente da República, João Lourenço, a que a Lusa teve esta segunda-feira acesso.

Em  entrevista ao Jornal de Angola, o embaixador na Alemanha, Alberto Correia Neto, acusa a deputada ‘Tchizé’ dos Santos de nunca se ter antes levantado contra as injustiças sociais quando o pai era Presidente, só o faz agora porque perdeu as benesses que lhe chegavam sem as merecer.

Página 1 de 306