Voz de Angola

Voz de Angola

Eduardo Futila é licenciado em Comunicação e Ciências Sociais é Administrador do Canal de Noticias Voz de Angola

Cel: +244930341639   eduardofutila@vozdeangola.com

A petrolífera angolana Sonangol garantiu em quatro meses mais de 2.300 milhões de euros de receitas para o Estado com a exportação de petróleo, quase metade do valor que o Governo orçamentou para todo o ano de 2018.

O preço do barril de petróleo Brent, para entrega em julho, encerrou hoje no mercado de futuros de Londres em alta de 0,46%, para os 79,59 dólares.

O presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, convocou hoje uma reunião extraordinária do Comité Central, para sexta-feira, em que deverá ser anunciada a data do congresso extraordinário, para definir a sucessão na liderança do partido.

O Instituto Superior Politécnico Tocoista foi multado em três milhões de Kwanzas pelo Ministério do Ambiente, por não ter contratado uma empresa de recolha de lixo.

A UNITA, maior partido da oposição angolana, defendeu hoje a realização de um novo registo eleitoral, para as primeiras eleições autárquicas em Angola, em 2020, sob pena de o processo conhecer os mesmos vícios das últimas eleições gerais.

O jornalista angolano Rafael Marques de Morais foi nomeado como o 70.º Herói Mundial da Liberdade de Imprensa, prémio atribuído pelo Instituto Internacional da Imprensa (IPI), indicou hoje a organização.

O ministro das Relações Exteriores angolano exonerou o diretor para África, Médio Oriente e Organizações Regionais, e o ministro conselheiro da embaixada de Angola em Telavive por terem “lesado a imagem” do país, noticiou hoje o Jornal de Angola.

O ex-Procurador-Geral da República (PGR) de Angola, João Maria de Sousa, reafirmou hoje em tribunal as acusações de injúria contra os jornalistas angolanos Rafael Marques e Mariano Brás, por estar em causa o seu bom nome.

As Nações Unidas reviram em baixa a previsão de crescimento de Angola para este ano, de 2,7% para 2%, devido à dependência da economia do petróleo, cuja subida de preço não deverá compensar a descida da produção

O empresário ivoiriense Dabine Dabire está detido desde sexta-feira, em Angola, por alegada prática dos crimes de “burla por defraudação, associação criminosa, corrupção activa e tráfico de influência”.