Voz de Angola

Voz de Angola

Manuel Eduardo Futila é jornalista licenciado em Comunicação e relações internacionais é editor da Voz de Angola

Tel: +244930341639   

eduardofutila@vozdeangola.com

 

O membro do Comité Central do MPLA, João Pinto, apontou nesta quinta-feira, em Luanda, como legado de José Eduardo dos Santos, enquanto Presidente de Angola, de 1979 até 2017, a pacificação, reconstrução nacional e a preservação da dignidade humana.

O director-geral do Serviço de Investigação Criminal (SIC), Eugénio Alexandre, negou nesta quinta-feira, em Luanda, a existência na corporação de um “esquadrão da morte”, com a finalidade de realizar execuções sumárias de criminosos.

O bispo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo, Dom Afonso Nunes, afirmou hoje, quinta-feira, que a Igreja Tocoista não foi impedida nem será de realizar a sua missão, e neste contexto vai continuar a trabalhar com o Estado Angolano nos domínios da educação, saúde, cultura e na pacificação dos espíritos.

A Justiça britânica confirmou hoje a decisão de desbloquear 3.000 milhões de dólares que a Quantum Global geria em representação do Fundo Soberano de Angola (FSDEA), anunciou a empresa fundada pelo suíço-angolano Jean-Claude Bastos de Morais.

O crime organizado em Angola, sobretudo o tráfico de armas, drogas e de seres humanos, registou uma "ligeira subida", revelou hoje o Serviço de Investigação Criminal (SIC) angolano, aludindo a dados do segundo trimestre de 2018.

O Governo da República Democrática do Congo (RDCongo) anunciou hoje a emissão de um mandado internacional de captura do líder da oposição, Moise Katumbi, exilado desde 2016.

O líder do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) desejou hoje, em Luanda, que o próximo congresso do partido, que vai marcar a transição política, se afirme como um momento de "unidade e de coesão política e ideológica".

O Presidente de Angola decretou hoje a criação da Comissão Instaladora da Agência Nacional de Petróleos e Gás (ANPG), entidade que vai, assim que estiver em funções, põe termo ao monopólio da petrolífera estatal angolana Sonangol.

A ministra da Ação Social, Família e Promoção da Mulher de Angola, Vitória da Conceição, considerou hoje a "discriminação e a violência" como "algumas lacunas" que limitam as oportunidades das mulheres na afirmação dos seus direitos fundamentais.

O Governo de Angola anunciou hoje a criação da Agência Nacional de Petróleos e Gás (ANPG), pondo termo ao monopólio da empresa petrolífera angolana Sonangol, cujo objetivo passa a focar-se unicamente no setor dos hidrocarbonetos.