Voz de Angola

Voz de Angola

Manuel Eduardo Futila é jornalista licenciado em Comunicação e relações internacionais é editor da Voz de Angola

Tel: +244930341639   

eduardofutila@vozdeangola.com

 

Jonas Savimbi, o líder histórico da UNITA, que morreu a 22 de fevereiro de 2002, celebraria hoje o seu 84.º aniversário, facto que o partido destaca numa declaração em que releva a dedicação de uma vida a Angola.

O Presidente da República Democrática do Congo (RDCongo), que chegou hoje a Luanda para uma visita de trabalho de 24 horas, não fez qualquer referência a uma eventual recandidatura às eleições congolesas de dezembro, limitando-se a enaltecer as relações de cooperação com Angola.

O ex-Comandante-Geral da Polícia Nacional de Angola, Alfredo Mingas "Panda", pediu hoje desculpa aos cidadãos por eventuais erros ou falhas que tenha cometido fora ou no exercício das suas funções.

O ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação angolano disse hoje, em Luanda, estar já na reta final a avaliação dos ativos da Angola Telecom para a privatização de 45% do seu capital social.

O novo comandante-geral da Polícia Nacional (PN), comissário-geral Paulo de Almeida, esclareceu nesta quinta-feira o diferendo de terrenos que o opõe a um camponês na zona do Zango Zero, no município de Viana, em Luanda.

A petrolífera estatal angolana Sonangol e as companhias de aviação Helicónia, do Luxemburgo, e CHC, do Canadá, assinaram quarta-feira, em Luanda, um memorando de entendimento para apoiar o processo de regeneração da Sonair.

A Associação Angolana dos Direitos do Consumidor (AADIC) anunciou hoje ter apresentado uma queixa-crime junto da Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola contra uma "rede criminosa" suspeita de falsificar as datas de fabrico de laticínios, papas e bebidas energéticas.

A Inspeção Geral da Administração do Estado (IGAE) de Angola informou hoje que no primeiro semestre de 2018 registou "várias irregularidades" no domínio da gestão de recursos humanos, gestão financeira e patrimonial nas instituições públicas angolanas.

O Presidente angolano, João Lourenço, revogou, por despacho que invoca “interesse público”, um contrato de 34,8 milhões de dólares, atribuído pelo anterior chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, aos egípcios da El Sewedy Power.

Um elemento supostamente afecto a um grupo de marginais, que na manhã de hoje, quarta-feira, roubou dois milhões de kwanzas de um cidadão na via pública, no Distrito da Ingombota, em Luanda, foi ferido durante o confronto com uma patrulha motorizada da Policia Nacional.