Voz de Angola - Voz de Angola
Voz de Angola

Voz de Angola

Manuel Eduardo Futila é jornalista licenciado em Comunicação e relações internacionais é editor da Voz de Angola

Tel: +244930341639   

eduardofutila@vozdeangola.com

 

A UNITA, maior partido da oposição em Angola, considera que o combate à corrupção no país visa apenas "salvar" o MPLA (no poder) e defenda uma revisão constitucional para uma "verdadeira luta" contra este crime.

A economista angolana Fátima Roque, ex-quadro da UNITA, afirmou, em declarações à Lusa, que o Presidente de Angola, João Lourenço, no cargo desde 2017, vai "mudar" o país, necessitando apenas de tempo para o fazer.

Um diamante com 128 quilates foi encontrado numa mina no Lulo, nordeste de Angola, sendo a 12.ª vez que é recuperada uma pedra superior a 100 quilates naquela região, indica hoje um comunicado da empresa australiana Lucapa Diamond Company.

A empresa de telecomunicações móveis angolana Unitel refutou hoje as acusações da PT Ventures na ação judicial apresentada em Angola, considerando-as “infundadas e difamatórias”, criticando a pretensão de afastamento da administração liderada por Isabel dos Santos.

Dezassete famílias que viviam em condições de risco em um edifício de construção colonial defronte ao Largo do Baleizão foram transferidas, nesta quarta-feira, para o Zango 4, município de Viana.

O Departamento de Negócios Estrangeiros da República das Filipinas e o Banco Central Filipino já notificaram as autoridades angolanas sobre a falsidade do cheque de USD 50 mil milhões, peça "chave" no julgamento do caso "Burla Tailandesa".

Angola e a República do Congo estão a analisar em Brazzaville questões relacionadas com o reforço da cooperação petrolífera entre os dois países, sobretudo a exploração de petróleo na zona conjunta do Lianzi.

A consultora FocusEconomics desceu hoje ligeiramente a previsão de crescimento económico para Angola, que deverá ter uma expansão do PIB de 1,2% este ano, seguindo-se a uma recessão de 2,4% em 2018.

O ministro de Estado e do Desenvolvimento Económico e Social angolano, Manuel Nunes Júnior, apelou hoje à participação e investimento dos empresários britânicos no processo de diversificação económica de Angola, apoiando sobretudo projetos no setor da agricultura.

O ministro da Comunicação Social angolano afirmou hoje que os que estão "furiosos" com a ministra da Saúde, que pretende reverter a privatização de uma empresa feita no anterior Governo, "são os que ganharam em negociatas como a da Angomédica".