Voz de Angola - Opinião

Seria desonesto admitir que a atual crise financeira em Angola está unicamente relacionada com a queda no preço do petróleo. Preferiria o resultado geral de uma gestão arriscada e opaca do país durante vários anos.

Por Pody Mingiedi - Politólogo, Suiça

A substituição da Administração da Empresa Nacional de Combustíveis, Sonangol, permanece assunto central em diversos círculos e o será ainda por muito tempo.

O processo de transição de poder em Luanda está a ser quase ou praticamente exemplar. Mas tem riscos

Por Mário Ramires

A empresária Isabel dos Santos garante que reduziu a dívida financeira da estatal Sonangol em 6.000 milhões de dólares (5.100 milhões de euros) e que deixa pronto um financiamento "essencial" de 2.000 milhões de dólares, para pagar a petrolíferas.

Isabel do Santos, a “Princesa”, forçada a sair da petrolífera pela porta dos fundos... Caiu também outro bastião do “eduardismo” na Comunicação Social, a Semba Comunicação, que vinha manietando a TPA