Voz de Angola - Opinião

Não gostei nada da forma como foi tratado o discurso de Isaías Samakuva, líder da oposição, em relação à sua apreciação do discurso sobre o Estado da Nação de João Lourenço, Presidente da República e titular único do Executivo, nos termos da constituição vigente.

O modelo dos Santos como pilar central na construção do sentido estado – nação angolana, está ali, transparente como a água, à vista de todos nós. À mercê de teorias geoestratégicas, o Excelentíssimo Senhor Eng. JES se constituiu na estrutura central para iluminar projectos políticos que permitiram o abrir de portas para a paz definitiva.

A batalha de Cuito Cuanavale, foi a maior batalha em África até ao momento, uma batalha onde estavam inseridas a acção das superpotências Universais na altura, essa batalha tem uma magnitude que supera todos os confrontos ocorridos em Angola e na África até aos nossos dias, tendo ocorrida entre 15 de novembro de 1987 e 23 de março de 1988.

Tudo indica que estão criadas todas as condições para que o comité central do MPLA, ou seja, o comité dos comerciantes corruptos promoverem mais uma vez honrosamente um escândalo nacional, quando atribuírem á um dos maiores corruptos que a nossa triste história conhece de nome JES o título honorífico.

"Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar". Tiago 1: 9

Nessa semana que finda, houve vários acontecimentos que deram muito que falar, e em função desses acontecimentos entendi escrever algo relacionado com pronunciamento de alguém, e que criou um aceso debate na maior arena política de actualidade (Facebook).