O Presidente de Angola formalizou hoje a exoneração de quatro embaixadores angolanos na CPLP, México, Grécia e Canadá, anunciada a 10 de setembro último, no prosseguimento do processo de encerramento de missões diplomáticas e consulares.

Um cidadão angolano, de 36 anos, que em vida se chamou Emanuel da Cruz, foi brutalmente espancado até à morte, na localidade fronteiriça da Santa Clara, zona neutra entre Angola e a Namíbia, por elementos supostamente pertencentes à Polícia namibiana.

A polícia angolana reprimiu hoje a manifestação de ex-trabalhadores da extinta Brigada Especial de Limpeza (BEL), afeta à Casa de Segurança do Presidente da República, que tencionava chegar ao Palácio Presidencial para "exigir o pagamento completo" das indemnizações.

O Tribunal Constitucional angolano recusou o pedido de legalização do partido político "Podemos-JA" por considerar que o número de assinaturas consideradas válidas é inferior ao estipulado por lei.

O Governo angolano indicou hoje que pretende "acabar com a pobreza extrema de três milhões de angolanos" até 2022, no quadro do Plano de Monitorização de Combate à Pobreza, cujas ações começam a partir da próxima segunda-feira.

Página 1 de 220