Suíça desbloqueou 60 milhões de dólares bloqueados ao Fundo Soberano de Angola

As autoridades suíças desbloquearam 60 milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola (FSDEA), de um montante total de 210 milhões de dólares bloqueados desde abril por suspeitas de lavagem de dinheiro, anunciou hoje a Procuradoria-Geral da Suíça.

A informação consta de um comunicado disponibilizado à Lusa por aquele órgão, a propósito das investigações em curso no país e após reunião realizada na quinta-feira, em Berna, entre o procurador-geral da República de Angola, general Hélder Pitta Gróz, e o homólogo suíço, Michael Lauber.

Em causa, está uma investigação iniciada em Abril na sequência de denúncias de que os activos detidos pelo BNA e pelo Fundo Soberano de Angola no país, estariam a ser desviados.

As suspeitas desencadearam várias buscas no passado mês de Maio, adiantam os investigadores suíços, que, nessa altura, passaram a pente fino as instalações da Quantum Global, empresa presidida por Jean-Claude Bastos de Morais, o antigo homem-forte de José Filomeno dos Santos, "Zénu", na gestão do Fundo Soberano.

Embora as diligências continuem em curso, o gabinete do Procurador-Geral da Suíça indica que dos 210 milhões de dólares congelados no âmbito da investigação, 60 milhões afectos ao Fundo Soberano já foram libertados.

O descongelamento dessa verba, esclarece o OAG, decorre do facto de as autoridades terem excluído a possibilidade de esse valor poder vir a ser utilizado por terceiros, não autorizados para o efeito.

A notícia surge depois do encontro entre o Procurador-geral da República de Angola, Hélder Pitta-Gróz, e o seu homólogo suíço, Michael Lauber, realizado esta semana, para preparação da assinatura de um protocolo de cooperação em matéria penal.

A investigação suíça envolvendo activos do Fundo Soberano e do BNA sucede a investigações no Reino Unido e nas Maurícias, também traduzidas no congelamento de milhões de dólares.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Segunda, 23 Julho 2018 16:22
Voz de Angola

Manuel Eduardo Futila é jornalista licenciado em Comunicação e relações internacionais é editor da Voz de Angola

Tel: +244930341639   

eduardofutila@vozdeangola.com

 

. .
.
.