Voz de Angola - PGR detém dois antigos membros do Governo do Uíge

PGR detém dois antigos membros do Governo do Uíge

Dois antigos membros do Governo Provincial do Uíge, o ex-delegado da Justiça e Direitos Humanos, Miguel Kutoca, e o antigo director do Comércio, Indústria e Hotelaria, Boseke Mayamona Mansony, estão detidos, desde segunda-feira última, nesta cidade, acusados pela Procuradoria-Geral da República (PGR) na prática de diversos crimes.

De acordo com a fonte da PGR que confirmou hoje (quarta-feira) a notícia, dos indiciados, o primeiro vai responder pelos crimes de peculato por infrações cometidas desde 2012, estando a ser acusado do desviado de mais de 400 milhões de kwanzas dos fundos alocados ao seu pelouro, usados em beneficio próprio para compra de viaturas e imóveis.

Miguel Kutoca está ainda a ser incriminado na prática de corrupção activa por tentativa de suborno ao magistrado do Ministério Público que investiga o caso. O mesmo, que já foi vice-governador para área Social da provincial do Uíge e, até a data da sua detenção, exercia o cargo de assessor do actual ministro da Justiça e Direitos Humanos.

Já o ex-responsável do Comércio, Indústria e Hotelaria, Boseke Mayamona Mansony, também detidos há já alguns dias, está a ser indiciado pelos crimes de peculato, abuso de autoridade, falsificação de documentos e associação de malfeitores, actos praticados na qualidade de director da instituição.

Segundo a fonte, que evitou pormenores dos processos, até ao momento, os casos dos detidos continuam a ser investigados e os processos estão a ser instruídos para, posteriormente, ir a julgamento.

Rate this item
(0 votes)
. .
.
.