SME impedem a saída dos cidadãos que não falam correctamente português e os passaportes são confiscados

O Serviço de Migração e Estrangeiros de Angola (SME) tomou decisão de não autorizar as viagens no estrangeiro de cidadãos com passaporte angolano que não falam correctamente a língua portuguesa, esta medida vem através de muitas reclamações de algumas embaixadas acreditados em angola principalmente do Brasil que tomou precauções adicionais na concessão de vistos a angolanos, em consequência do aumento exponencial de cidadãos, sobretudo mulheres com filhos e grávidas, que chegaram ao país a pedir refúgio.

Segundo um agente do Serviço de Migração confirmo para redação da Voz de Angola, que todos cidadãos que tem passaporte angolano que tem dificuldade de expressar a língua dos Camões será impedido de viajar e o seu passaporte será confiscado, em 2016 o Brasil recebeu mais de mil angolanos que pedira asilo político a maioria deles não falam correctamente a língua portuguesa, as únicas línguas que eles falam o francês e o dialeto africano Lingala segundo a fonte do Ministério da Justiça Brasileira.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Segunda, 06 Novembro 2017 15:02
. .
.
.