Voz de Angola - Cidadão alvejado na perna em plena via pública

Cidadão alvejado na perna em plena via pública

Um indivíduo de aproximadamente 40 anos foi alvejado ontem, em Luanda, na perna, por elementos não identificados, que seguiam no interior de uma viatura, na sequência de um assalto em que lhe foram roubados cerca de sete milhões de Kwanzas. Contactado pelo OPAÍS a fim de obter mais dados sobre a ocorrência, o director do Gabinete de Comunicação Institucional da Polícia Nacional, Mateus Rodrigues, afirmou que a vítima foi atingida após ter saído de uma agência bancária, cujo nome não revelou.

“O crime já está sob a alçada do Serviço de Investigação Criminal (SIC) para o seu devido esclarecimento e oportunamente serão divulgadas mais informações”,disse. Segundo a série de vídeos amadores postos a circular nas redes sociais Facebook e WhatsApp, a ocorrência foi registada por volta das 14 horas, no bairro Zé Pirão, nas imediações da farmácia Qualidade, quando a vítima foi atingida com um tiro na perna direita por um dos supostos meliantes que seguiam no interior de uma viatura. Sentado ao chão, com os óculos descaídos ao peito em consequência da queda, a vítima segurava a perna direita ensanguentada, facto que fez despertar a atenção dos transeuntes que até então não se haviam apercebido dos factos.

Em solidariedade à vítima, um grupo de cidadãos que assistiam ao episódio, transportaram- no ao colo até à unidade hospitalar mais próxima, a poucos metros do local onde foi atingido. Enquanto caminhavam, o sangue vertia para o chão e não demorou muito tempo para que o mosaico de cor branca da clínica ganhasse a tonalidade avermelhada, pois a cada minuto que se passava mais teimava em escorrer. As imagens mostram o alvoroço no espaço, enquanto a equipa médica procurava por uma cadeira de rodas ou uma maca onde o pudessem acolher. “Aqui está o telefone dele”, dizia uma das jovens que acompanhou a vítima até ao local mostrando a sua solidariedade. Neste mesmo vídeo de cerca de 1 minuto e 42 segundos, vê- se ainda outra cidadã, trémula que elevava as suas mãos à cabeça transparecendo que temia que o pior acontecesse, uma vez que havia certa demora em atender ao paciente. Do lado de fora, a rua permanecia agitada até que se ouviu a sirene do carro que trazia os efectivos do Serviço de Investigação Criminal e da Polícia Nacional para o levantamento da ocorrência.

PN regista aumento do índice de assaltos à mão armada em Luanda

Dados da Polícia Nacional apontam que nos últimos 12 meses registou-se um aumento do índice de crimes na cidade de Luanda, com um total de 27 mil e 65 ocorrências, segundo a ANGOP. De acordo com os dados da referida instituição, há um acréscimo de 15 mil e 517 crimes diversos em relação ao mesmo período de 2017. Dos 27 mil e 65 crimes, detalha um relatório da Polícia, 12 mil e 546 foram esclarecidos, tendo sido detidos, no mesmo período, 15 mil e 86 cidadãos. Nos últimos três anos (2016, 2017 e 2018), Luanda registou um total de 47 mil e 989 crimes, sendo que em 2016 foram nove mil e 376 crimes, dos quais dois mil e 205 esclarecidos. Nesse período (2016), foram detidos três mil e 954 cidadãos. OPAÍS

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Sexta, 08 Fevereiro 2019 00:11
. .
.
.