Federação Angolana de Futebol desaconselha ofertas directas aos atletas no CAN`2023

Post by: 29 Janeiro, 2024

A Federação Angolana de Futebol (FAF) desaconselha contacto directo com os atletas no caso de manifestações de ofertas, sendo que as mesmas devem ser feitas de forma institucional, através da Direcção de Comunicação, Marketing, Comercial e Imagem.

A comunicação a que a ANGOP teve acesso, esta segunda-feira, sugere às  instituições, pessoas singulares e colectivas a seguirem tal procedimento e expressa gratidão pela generosidade para com o grupo no CAN`2023, na Côte d`Ivoire.

A FAF considera importante as promessas de ofertas na medida em que motivam os jogadores e grupo de trabalho no geral, contudo, o contacto telefónico directo com os jogadores em período de máxima concentração distrai e tira a concentração recomendada.

Outra consequência, conforme a federação, é o surgimento de ruídos no balneário, sobretudo por parte dos jogadores.

Este pronunciamento da FAF surge 24 horas depois do registo de vários contactos de instituições nacionais com atletas da Selecção Nacional, dando conta de ofertas ou promessas de ofertas pela campanha no CAN`2023.

Domingo, jogadores e membros da delegação foram agraciados pelo Banco Angolano de Investimento (BAI), com cinco milhões de Kwanzas cada, a serem depositados nas respectivas contas bancárias ainda hoje.

O presidente do Conselho de Administração da instituição bancária, Mário Alberto Barber, telefonou para o médio ofensivo Fredy, capitão dos Palancas Negras, para confirmar o cumprimento da promessa.

Na sequência, o presidente do Conselho de Administração da UNITEL, Aguinaldo Jaime, garantiu para os jogadores e equipa técnica, por intermédio de uma ligação ao atacante Gilberto, a oferta de um telemóvel (iPhone 15), chamadas, SMS e internet grátis durante um ano.

Essa oferta foi motivada pela vitória de Angola diante da Namíbia, por 3-0, que garantiu o apuramento para os quartos-de-final.

Já a empresa SODIAM. E.P prometeu 250 mil dólares à Selecção Nacional e equipa técnica caso Angola se qualifique para a final desta 34ª edição da Taça das Nações.

O CAN`2023 devia disputar-se entre Junho/julho passado, mas devido às fortes chuvas naquele período, a CAF transferiu a prova para o presente ano. 

Artigos Relacionados

- --