CAN2023: Nigéria segue para as 'meias' e impede Angola de fazer história

Post by: 03 Fevereiro, 2024

A Nigéria, de José Peseiro, apurou-se hoje para as meias-finais da Taça das Nações Africanas (CAN2023) de futebol, impedindo Angola de fazer história, enquanto a RD Congo também seguiu em frente, na prova a decorrer na Costa do Marfim.

A Nigéria, campeã em 1980, 1994 e 2013, bateu por 1-0 a seleção angolana, que, sob o comando do também português Pedro Gonçalves, tentava chegar pela primeira vez no seu historial às ‘meias’ da mais importante competição de seleções africanas.

Por seu lado, a RD Congo, outro ex-campeão (1968 e 1974), bateu a Guiné, por 3-1.

Em Abidjan, um golo de Ademola Lookman, aos 41 minutos, resolveu o embate com Angola e reforçou o sonho do título dos nigerianos e de Peseiro, uma das grandes surpresas da prova.

Apesar da seleção nigeriana ser, historicamente, uma das principais equipas africanas, a verdade é que chegou à Costa do Marfim em crise, com José Peseiro em ‘maus lençois’ e sem qualquer apoio da federação local, organismo que publicamente assumiu o desejo de despedir o técnico português, embora não o pudesse fazer por motivos financeiros.

Peseiro fica assim à espera do vencedor do embate de sábado entre Cabo Verde e África do Sul para conhecer o adversário das meias-finais.

Também em Abidjan, a RD Congo ainda esteve a perder, com um golo de Mohamed Baio, aos 20 minutos, que converteu com sucesso uma grande penalidade a castigar falta de Mbemba.

O antigo central do FC Porto redimiu-se pouco depois, aos 27 minutos, e refez a igualdade, com a RD Congo a partir para um vitória justa, com Wissa, de penálti, aos 65, e Masuaku, com um excelente livre direto, aos 82, a confirmarem a superioridade no marcador.

Nas ‘meias’, o adversário da RD Congo será a anfitriã Costa do Marfim ou o Mali, que também se defrontam no sábado.

Last modified on Sábado, 03 Fevereiro 2024 11:14

Artigos Relacionados

- --