Isabel dos Santos exonerada da Sonangol? Petrolífera e presidência desmentem

O Presidência de Angola desmente que tenha exonerado esta sexta-feira Isabel dos Santos da presidência do Conselho de Administração da petrolífera Sonangol, um ano depois de ter sido nomeada pelo pai e anterior presidente, José Eduardo dos Santos. A notícia foi avançada pela RTP, mas o ECO confirmou junto da presidência que a notícia não é verdadeira e que se trata de uma nota falsa.

A notícia, que tinha sido avançada pela RTP, citando comunicado oficial da presidência angolana, terá sido baseada numa falsa nota de imprensa, indica agora a estação pública portuguesa.

Isabel dos Santos foi nomeada para a presidência da petrolífera Sonangol pelo pai, então presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, em junho de 2016.

Numa nota oficial do governo de Angola, com data do dia 1 de novembro, informa-se apenas que o Presidente da República exonerou o conselho de administração da Empresa de Ferro de Angola, a Ferrangol, dois vice-governadores do Banco de Angola, assim como quatro membros do Conselho de Administração, e o conselho de administração da ENDIAMA, a Empresa de Diamantes de Angola.

Fake News

O presidente da Angola decidiu afastar Isabel dos Santos, filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos da administração da companhia petroleira Sonangol.

Isabel foi designada para o posto em junho do ano passado pelo seu pai. Agora o cargo vai ser ocupado por Jefferson Coreia Airosa. A substituição ocorre umas semanas após João Lourenço ter sucedido a José Eduardo dos Santos na qualidade de presidente do país.

Em uma nota dirigida à imprensa foi revelado que "João Lourenço, presidente atual, usando da faculdade conferida pela Constituição", em 2 de novembro decidiu exonerar a presidente Isabel dos Santos do órgão de administração da Sonangol.

Além de Isabel dos Santos, o presidente demitiu outros membros da administração — João Diniz dos Santos, Kayaya Kahala, Rosa de Jesus Faria de Assis Sousa Araújo e administrador executivo Romero Artur Ribeiro.

João Lourenço procedeu à nomeação de Jefferson Coreia Airosa para o cargo de presidente do Conselho de Administração. Beethoven Qanga, Helio Dias de Brito, Ruca Moreira e Delcio de Carvalho foram nomeados administradores.

Para o posto do presidente do Conselho foi nomeado Jefferson Coreia Airosa. Entre os novos administradores estão Beethoven Qanga, Helio Dias de Brito, Ruca Moreira e Delcio de Carvalho.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Sexta, 03 Novembro 2017 20:49
. .
.
.