Jovens do Prenda revivem anos dourados em show memorável

Jovens do Prenda a actuarem no Show do Mês Jovens do Prenda a actuarem no Show do Mês

O grupo musical Jovens do Prenda, um dos maiores ícones da música angolana, abrilhantou, num show memorável, com temas que fizeram sucessos nos anos 70, 80 e 90, numa viagem no melhor momento do semba, que encantou a multidão presente.

O espectáculo, realizado hoje, sexta-feira, inserido no programa cultural Show do Mês, uma produção e realização da Nova Energia, realizado numa sala de espectáculos de Talatona, em Luanda, ficou marcado pela interacção entre o grupo e a plateia, que eufórica acompanhava o grupo em cada faixa.

Sem tirar o pé do acelerador, “Os Jovitos”, em aproximadamente três horas e meia de apresentação, cantaram alguns dos seus maiores sucessos como “manhã de domingo”, “Angelica”, “Bela”, “Manuela”, “Sandra”, “aiue ngongo”, “ilha virgem”.

Tiraram ainda da cartola temas como “tia”, “farra”, “madrugada”, “desespero”, “fim-de-semana”, “nova cooperação”, “gienda ni ubeka”, “mutudi”, “gienda ja nami”, interpretada pelos vocalistas Mizinga, Miau, Didi da Mae Preta, Chico Montenegro, Augusto Chakaya e Dom Caetano, que deram mostras que não se fala de semba sem falar dos Jovens do Prenda.

Sempre acompanhado com palmas e coro da plateia, o grupo mostrou todo o saber na arte de bem tocar, não deixando que a assistência se sentasse ou, nem recuperasse o fôlego, tanto era o profissionalismo que empreendiam para agradar todos que acorreram no espaço, que já é uma referência da cultura nacional.

Os Jovens do Prenda brindaram a assistência com um reportório, repleto de músicas antigas, num reencontro com o tempo que o tempo leva mais não não apaga, mas que é ouvida com nostalgia.

Os jovitos, que já vão na terceira geração de artistas, faz parte da história contemporânea de Angola, com as suas músicas que influenciaram uma geração, é sempre um regalo vê-los tocar com mestria e saber, no manejo das congas, da dikanza, do bongós, e outros instrumentos e fazer aquele semba que é a identidade do país, que é feito com qualidade, de angolano para angolano.

Ouvir os temas dos Jovens do Prenda, é fazer uma viagem aos momentos dos anos 70 e 80, nos musseques de Luanda, relembrar as festas de quintal, onde a roda do semba, era possível, cada um, com o ritmo louco das musicas a entrarem na alma, dançavam de forma a esquecer os dissabores do dia,

O agrupamento Jovens do Prenda é constituído por: Carlitos Calili (baixo), Josué (teclado), Zé Luís (guitarra ritmo Baião (guitarra contra solo), Charles (guitarra solo), Didi da Mãe Preta (dikanza e vocalista), Esteves Bento (congas), João Diloba (baterista), Augusto Chakaya, Dom Caetano e Chico Montenegro (vocalistas) e Mizinga e Miau (coros e vocalistas). (Angop)

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Sábado, 29 Abril 2017 15:27
. .
.
.