Presidência angolana vai leiloar antigos aviões da Boeing

O Estado angolano vai vender em hasta pública três aviões Boeing, dos modelos 707-300 e 700-200, afetos aos órgãos auxiliares, que se encontram parqueados no Terminal Aéreo Militar, em Luanda, indica uma nota oficial.

No comunicado do Ministério das Finanças angolano, noticiado hoje pelo Jornal de Angola, é adiantado que foi criada uma comissão técnica para conduzir o processo de venda, que deu um prazo de 10 dias, terminados em 13 deste mês, para se contestar a alienação.

A nota refere que, em dezembro de 2018, num despacho, o Presidente angolano, João Lourenço, aprovou o "procedimento de alienação de três aeronaves" e delegou no ministro das Finanças, Archer Mangueira, a competência para conduzir a venda.

"O ministro das Finanças deve assumir a responsabilidade da operação de abate e venda em hasta pública dos aviões fabricados pela Boeing até final da década de 1970 que se encontram parqueados no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, há mais de 10 anos em virtude da sua inoperância", lê-se no despacho datado de 05 de dezembro.

De acordo com o documento, dois dos aviões, conhecidos como "Pelicano 1" e "Pelicano 2", foram utilizados pelo ex-Presidente da República de Angola José Eduardo dos Santos.

Rate this item
(0 votes)
. .
.
.