Paulo Lukamba Gato defende mais divulgação dos feitos de Jonas Savimbi

O deputado e general na reserva Lukamba Paulo “Gato” reconheceu hoje, em Luanda, que tem havido pouco esforço da UNITA no sentido de divulgar a vida e a obra do fundador do partido, Jonas Malheiro Savimbi.

Gato, que falava durante uma palestra que marcou o acto político por ocasião do 85.º aniversário natalício de Jonas Savimbi, afirmou que o presidente fundador da UNITA marcou profundamente a História de Angola, de África e do mundo e os seus feitos transcenderam as fronteiras do país.

Segundo o deputado, Jonas Savimbi encontrou no pensamento político de Mao Tsé-Tung e na experiência revolucionária chinesa a inspiração doutrinária para a sua "acção nacionalista e revolucionária" em Angola. “Os angolanos não podem negar a acção revolucionária de Jonas Savimbi, que transformou o contexto que Angola vivia desde 1975 até 1991”, afirmou.

Lukamba Paulo citou, como exemplos da acção de Savimbi, a discussão sobre a democracia multipartidária, o Estado de direito e a economia de mercado. Jonas Savimbi, disse, concebeu um projecto de sociedade para Angola capaz de devolver aos angolanos a felicidade e o orgulho de serem filhos da mesma pátria com oportunidades e direitos iguais.

Gato lembrou que o projecto de sociedade de Jonas Savimbi foi apresentado, pela primeira vez, a 13 de Março de 1966, na localidade de Muangai, província do Moxico, data que marcou a fundação da UNITA.

Para o deputado, a missão histórica da UNITA consiste em preservar a luta política para a efectivação daquele projecto que recomendava a necessidade de aprofundar a visão da UNITA sobre Angola. “Deve ser aprimorado o nosso projecto de sociedade, de forma a torná-lo cada vez mais moderno, presente e atraente”, defendeu Lukamba Paulo Gato.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Domingo, 04 Agosto 2019 12:20
. .
.
.