O líder do MPLA e Presidente de Angola, João Lourenço, disse hoje que a dívida externa do país atingiu um nível "tão alto" devido a investimentos de reconstrução, mas também por financiar "o enriquecimento ilícito de uma elite restrita".

O antigo primeiro-ministro angolano Marcolino Moco defendeu hoje, em Luanda, que o atual chefe de Estado de Angola, João Lourenço, "tem de começar a ser ele próprio" e "não um homem virado para o que se fez antes".

O líder do MPLA e Presidente de Angola, João Lourenço, apelou hoje à equipa económica governamental para avaliar o melhor momento para a implementação do Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA), após o adiamento do prazo para outubro.

O Executivo reclama o pagamento de um empréstimo para a compra de uma participação no Banco Económico, ex-BESA. General Kopelipa e Manuel Vicente entregaram as posições que tinham no banco ao Estado.

O Comité Central do MPLA, no poder em Angola, vai passar a contar a partir de sábado com um total de 497 membros, acrescentando 134 novos aos 363 atualmente existentes, disse hoje à agência Lusa o porta-voz do partido.