Após entender-se com a Administração da TAAG, o Sindicato do Pessoal Navegante de Cabine (SINPROPNC) desta companhia desconvocou a greve prevista para esta semana, dando moratória de seis meses para a solução dos pontos reivindicados.

A polícia federal do Brasil acredita que dinheiro desviado da Sonangol terá sido utilizado para a construção de um edifício e de um "resort" de luxo no estado brasileiro da Paraíba.

A empresária Isabel dos Santos afirmou esta segunda-feira, na sequência dos 'Luanda Leaks', em que é a principal visada, que vai "lutar nos tribunais internacionais" para "repor a verdade".

Advogado angolano estranha que tenha sido o Estado a pedir o arresto e acusa o MP de populismo. O processo judicial é um passo “radical” na luta entre facções do poder em Angola. Há quem ache que vem aí uma guerra sem quartel, mas há também quem diga que nada vai acontecer e “ninguém verterá uma lágrima” por Isabel dos Santos?

Um fim de ano que fica para a história de Angola e novo ano a fervilhar. Antes de janeiro acabar, a PGR angolana avançará com a ação principal contra Isabel dos Santos ou o arresto decretado pelo Tribunal Provincial de Luanda (TPL) extingue-se, garantem fontes jurídicas locais. Só no âmbito da ação, haverá acusação e defesa formais e decisões finais, mas os ventos não favorecem a empresária. Angola está determinada em mostrar uma nova normalidade e se agora reclama mil milhões - que Isabel dos Santos nega ter recebido - relativos ao financiamento da compra das empresas enquanto Eduardo dos Santos era presidente, outras exigências virão, por exemplo sobre mais-valias delas obtidas.

Página 1 de 275