LUSA  -  Agência de Notícias de Portugal

LUSA - Agência de Notícias de Portugal

A Lusa - Agência de Notícias de Portugal, S.A. é uma agência noticiosa portuguesa e a maior de língua portuguesa. Foi constituída a 28 de novembro de 1986, com a denominação de Agência Lusa 

Tel: (+351) 217116500; agencialusa@lusa.pt

A Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) congratulou-se hoje com a abertura do Presidente angolano, João Lourenço, à extensão do sinal da Rádio Ecclesia, emissora católica, a todo país, ao fim de duas décadas de batalha.

Os projetos de investimento privado em Angola sujeitos à aprovação do Presidente da República deverão passar da fasquia dos 10 milhões para 50 milhões de dólares, conforme proposta em análise pelo executivo angolano.

O presidente angolano foi claro nas declarações que fez ontem sobre as tentativas da justiça portuguesa para fazer sentar no banco dos réus o ex-vice-presidente Manuel Vicente: são “uma ofensa” de tal forma grave que podem vir a condicionar todo o relacionamento entre os dois países.

O parlamento angolano agendou para 18 de janeiro a votação, na generalidade, da proposta de lei do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2018, o primeiro do executivo liderado por João Lourenço, que prevê um crescimento económico de 4,9%.

O analista Kaan Nazli defendeu que o Governo de Angola vai provavelmente focar-se na renegociação da dívida da companhia petrolífera nacional (Sonangol) e dos empréstimos chineses e não deve mexer nos títulos de dívida em moeda estrangeira.

A iminente subida do valor do dólar face ao kwanza, com a introdução do regime de taxa de câmbio flutuante, está a motivar a preocupação dos angolanos com a possibilidade do agravamento dos preços dos produtos da cesta básica.

Militantes da oposição na Guiné Equatorial denunciaram hoje que continuam confinados na sede do partido, nos arredores da capital, Malabo, e cercados pelas forças de segurança oficiais, noticiou a agência espanhola Efe.

Os angolanos com depósitos superiores a 100 mil dólares (83 mil euros) no estrangeiro e não declarados vão ter seis meses para fazer o seu repatriamento para Angola sem serem sujeitos a qualquer investigação criminal, tributária ou cambial.

As autoridades angolanas e portuguesas estão a estudar a possibilidade de transferência para Luanda do processo que corre em Portugal contra o ex-vice-Presidente da República Manuel Vicente, disse o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos de Angola.

Titica, voltou a atacar as redes sociais, com a exibição do enorme “bumbum”, mostrando assim aos seguidores e amigos, que cada dia que passa, vai ostentando uma excelente forma física.