Voz de Angola

Voz de Angola

Sou jornalista angolano apaixonado pela política, atualmente trabalhando como editor e Colunista do Jornal Digital Voz de Angola desde janeiro de 2018, escreve sobre os artigos da economia e da politica em geral.

vozdeangola1@gmail.com  Tel: (+244) 953754894

Os 27 deverão aprovar esta terça-feira a lista de 15 países aos quais a União Europeia poderá começar a abrir as fronteiras externas a partir de 1 de julho. Não há, para já, nenhum país de língua oficial portuguesa incluído. Estados Unidos ficam de fora. China está dentro, mas com condições

Foi José Eduardo dos Santos que convenceu a direcção soviética de que a estabilidade de Agostinho Neto era melhor para a URSS do que a confusão que seria inevitável se Nito Alves tivesse êxito.

O porta-voz da Associação das Instituições do Ensino Superior de Angola (AIESPA) esclareceu hoje, em Luanda, que os estudantes que pagarem na totalidade a propina do mês de Abril já não vão ser obrigados a pagar o mês de Janeiro, altura que termina o ano académico.

O Governo angolano determina a cobrança de até 60% do valor da propina mensal nas instituições privadas de ensino, enquanto durar o estado de emergência devido à covid-19, sendo que as escolas comparticipadas devem cobrar até 25%.

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controla a Efacec, acusou hoje a justiça angolana de provocar "danos injustificáveis" às empresas portuguesas e estar a usar indevidamente a justiça em Portugal para "fins não legais e desproporcionais".

A África Subsaariana não tem estado no topo da agenda internacional dos Estados Unidos. E o desinteresse agravou-se com o fim da Guerra Fria e da URSS e, mais proximamente, com a entrada da Administração Trump. Mas a recente visita do Secretário de Estado Mike Pompeo a Dakar, Luanda e Adis Abeba pode estar a mudar as coisas.

Empresária avisa que o congelamento das suas contas em Portugal a vai impedir de pagar salários e a fornecedores e também de cumprir as suas obrigações junto do Fisco e da Segurança Social.
Isabel dos Santos acusa justiça portuguesa de agir sem fundamento

Fernando Pacheco, uma das maiores autoridades políticas e intelectuais de Angola, membro do Conselho da República, defende um perdão judicial para pessoas que estejam envolvidas em casos de corrupção e colaborem com o Estado

Portugal recebeu cartas rogatórias para constituir arguidos sócios da empresária. Angola não sabe dela

A Procuradoria-Geral da República (PGR) anunciou nesta terça-feira a apreensão de mais de mil imóveis inacabados, edifícios, estaleiros e terrenos, na urbanização Vida Pacífica (Zango Zero) e no Kilamba, construídos com fundos públicos e que se encontravam na posse de empresas chinesas.

Página 1 de 84