A UNITA parece encontrar-se numa corrida de contra-relógio para, entre outros aspectos relacionados com a memória e imagem de Jonas Savimbi, promover o seu branqueamento, inclusive a contragosto de um elemento relevante na definição destas coisas de legados, memória e obras, nomeadamente o tempo.

Por Faustino Henrique

No último dia 14 de dezembro de 2018, o Secretário-Geral do MPLA Boavida Neto brindou o país com uma entrevista ao jornal Expansão angolano.

Sérgio Dundão / Jornal Económico 

Malandros & marimbondos: Duas palavras utilizadas por João Lourenço em determinado momento e circunstância diferentes, que embora não tenha caído na graça de toda gente.

Por Fernando Vumby

Curioso sempre que me cruzo com alguém recém -chegado de Angola, a primeira impressão que tenho é que estou diante de mais um (doente) pois grande parte aparentam um aspeto estranho, estressados, cansados, desgastados, se coçando com frequência quando não cuspindo no chão.

Numa marcação homem a homem, João Lourenço apresentou-se em Portugal como o Presidente anti-Dos Santos. Na substância, no estilo e na forma.