O presidente da Assembleia da República de Portugal declarou hoje, em Luanda, que Angola vive uma "nova fase", defendendo ser necessário que "todos os democratas apoiem" o país e o chefe de Estado angolano.

O Estado-Maior General das Forças Armadas de Cabinda (FAC), braço armado da FLEC, reivindicou hoje, num comunicado, ter matado nos últimos dias nove soldados angolanos em duas operações militares realizadas no enclave.

O governo angolano contractou a companhia Americana Squire Patton Boggs para fazer lobby em Washingtona favor de angola.

A Comissão Administrativa da Cidade de Luanda (CACL), órgão que superintende um dos nove municípios da capital angolana, está com "carências de viaturas" e detectou a existência de "169 funcionários fantasmas", indicou hoje fonte oficial.

Ministério dos Transportes angolano sustenta esta aposta com a necessidade de meios de transportes mais amigos do ambiente.