O Conselho de Ministros, reunido hoje, quinta-feira, em Luanda, em sessão ordinária, apreciou a proposta de Lei que autoriza o Banco Nacional de Angola a emitir e pôr em circulação uma nova família de notas de valor facial de duzentos, quinhentos, mil, dois mil, cinco mil e dez mil kwanzas.

Nos últimos dias tem estado a circular um panfleto a anunciar um acto de protesto nacional, a ter lugar a 11 de Outubro do ano em curso. Uma leitura do panfleto permite ler: “Sexta-Feira, 11 de Outubro, Manifestação Nacional. Reflexão Pacífica, Revolução Pacífica. Reflexão Sobre o Estado da Nação. Que Nação Queremos e Que Nação Merecemos” lê-se.

O Presidente angolano aproveitou esta quinta-feira o discurso de abertura do congresso da juventude do seu partido (JMPLA) para atacar aqueles que, desde dentro do MPLA, estão a usar o dinheiro desviado do Estado para “desestabilizar o país”. João Lourenço fazia alusão a um protesto convocado para sexta-feira através das redes sociais e que pede a todos os angolanos que fiquem em casa de modo “a parar o país”.

O presidente de Angola anunciou esta terça-feira a decisão de demitir o ministro das Finanças, Archer Mangueira . O seu lugar vai ser ocupado por antiga secretária de Estado para as Finanças e Tesouro  Vera Santos Daves.

O general Abílio Kamalata Numa, segundo dirigente da UNITA a formalizar a candidatura à liderança do principal partido da oposição em Angola, defendeu hoje ser o candidato "mais bem preparado" e o que melhor representa "os militantes sem voz".