Voz de Angola

Voz de Angola

Sou jornalista angolano apaixonado pela política, atualmente trabalhando como editor e Colunista do Jornal Digital Voz de Angola desde janeiro de 2018, escreve sobre os artigos da economia e da politica em geral.

vozdeangola1@gmail.com  Tel: (+244) 953754894

O Parlamento acabou de suspender o mandato de deputada a "Tchizé" dos Santos. A filha do ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos, fora do País há vários meses, encontra-se, segundo a Assembleia Nacional, em situação de "abandono do posto de trabalho" e de "enriquecimento sem causa", devido aos salários que continuou a auferir.

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou hoje (segunda-feira) Nuno dos Anjos Caldas Albino “Nuno Carnaval” ministro da Comunicação Social, em substituição de Aníbal João da Silva Melo, exonerado na mesma data.

Três das várias alas da FNLA rubricaram hoje (sexta-feira), em Luanda, um pacto de entendimento para pôr fim às cisões que duram há cerca de 20 anos, afectando a afirmação política desse partido actualmente com um assento no Parlamento.

O líder da UNITA, maior partido da oposição em Angola, acusou hoje membros do MPLA, no poder, de serem os adversários do Presidente, desafiando João Lourenço a ser "patriota" para superar a crise que o país enfrenta.

A moeda angolana voltou hoje a desvalorizar e transacionava hoje em 455,21 kwanzas face ao dólar, um dia depois do anúncio da liberalização da taxa de câmbio, segundo os dados oficiais divulgados pelo Banco Nacional de Angola (BNA).

Banco Central ajustou de 17% para 22% o coeficiente de reservas obrigatórias para moeda nacional. Ou seja, ao mesmo tempo que liberaliza a taxa de câmbio, o BNA entende que há excesso de Kwanzas no mercado.

O Banco Nacional de Angola deixou de impor o limite de uma variação máxima de 2% nos leilões de divisas que realiza diariamente, permitindo assim que a moeda nacional oscilasse livremente, segundo o regulador financeiro.

Isabel dos Santos veio a público reagir à notícia de que a Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola terá instaurado um processo criminal contra a empresária.

“Hoje este clima não é de confiança para os investidores poderem investir e para continuarmos a apostar”, diz Isabel dos Santos. Considera difíceis os processos que envolvem elementos próximos.

O Conselho de Ministros, reunido hoje, quinta-feira, em Luanda, em sessão ordinária, apreciou a proposta de Lei que autoriza o Banco Nacional de Angola a emitir e pôr em circulação uma nova família de notas de valor facial de duzentos, quinhentos, mil, dois mil, cinco mil e dez mil kwanzas.