Voz de Angola

Voz de Angola

Sou jornalista angolano apaixonado pela política, atualmente trabalhando como editor e Colunista do Jornal Digital Voz de Angola desde janeiro de 2018, escreve sobre os artigos da economia e da politica em geral.

[email protected]  Tel: (+244) 953754894

O Presidente da República, João Lourenço, designou ontem o jurista e docente Carlos Manuel dos Santos Teixeira juiz conselheiro do Tribunal Constitucional.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) repudiou ontem, em Luanda, a postura de alguns advogados que, na imprensa, nas plataforma electrónicas de comunicação online e nas redes sociais, falam sobre processos conclusos às instituições de Justiça.

O Imposto de Valor Acrescentado (IVA) começa hoje a ser aplicado em Angola depois de vários adiamentos, tornando-se assim no último país da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) a adotar esta taxa.

As contas foram hoje apresentadas em Luanda pela secretária de Estado do Tesouro, Vera Daves, durante uma conferência de imprensa destinada a esclarecer dúvidas relativas ao Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), que entra em vigor a 1 de outubro, em substituição do Imposto de Consumo.

A UNITEL, principal operadora de telefonia móvel angolana, anunciou hoje que vai aplicar o Imposto Sobre Valor Acrescentado (IVA) sobre as chamadas, mensagens e subscrições de serviços, enquanto assume os encargos do novo imposto nos planos de Internet.

O Inspector-Geral da Administração do Estado, Sebastião Gunza, declarou em Lisboa, Portugal, que o combate à corrupção em Angola vai prosseguir sem olhar para os actores.

O primeiro-ministro são-tomense manifestou hoje preocupação face à decisão da empresa Sonangol de vender as suas ações na Empresa de Combustíveis e Óleo (Enco), mas garantiu que o seu Governo vai conseguir "adaptar-se à conjuntura".

O Governo angolano abre hoje uma nova fase de candidaturas para atribuição de licença à quarta operadora de telecomunicações do país, que decorre até ao dia 08 de novembro, depois do primeiro concurso ter sido anulado.

O Presidente da República, João Lourenço, reconheceu, em Nova Iorque (Estados Unidos) que "são legítimas as reclamações de alguns sectores da sociedade que não viram ainda concretizados as suas expectativas de vida" em dois anos assinalados hoje, desde que foi investido no cargo.

ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos, desconhecia a existência, nas instalações da Fundação, de documentos referente à Batalha do Cuito Cuanavale, afirmou hoje, em Tribunal, o ex-director do gabinete do presidente da Fundação Eduardo dos Santos (FESA).